Jenson Button não se entende com as temperaturas dos pneus

Sexto melhor nos treinos livres, inglês reclama do equilíbrio de sua McLaren e confia em final de semana mais quente

Jenson Button sofreu com os Pirelli

Sofrendo com os pneus, Jenson Button não teve uma sexta-feira das mais tranquilas na China. O piloto da McLaren teve dificuldades para manter os Pirelli em sua janela de temperatura ideal e reclamou do equilíbrio do carro. O campeão de 2009 fechou o dia apenas com o sexto lugar.

“Foi um dia difícil para eu encontrar o melhor acerto. As temperaturas dos meus pneus ficavam subindo e descendo, algo que temos de resolver. É o mesmo para todos, mas não acho que estamos conseguindo entendê-los no momento. Recolhemos informações úteis com mais e menos combustível.”

A esperança do inglês é que, com a previsão de que o final de semana seja mais quente – nesta sexta a temperatura ficou em cerca de 15ºC em Xangai – os pneus funcionem melhor.

“Espero que seja mais como Melbourne. Estará um pouco mais quente amanhã e no domingo, então espero que consigamos fazer um bom Q3. No momento, não tenho certeza se temos o ritmo, pois algumas coisas estão me atrapalhando, mas tenho certeza de que estamos indo na direção certa.”

Fora isso, resta a Button estudar os dados de seu companheiro, Lewis Hamilton, que foi mais de seis décimos mais rápido e saiu do carro bem mais satisfeito como rendimento.

“É difícil entender o carro porque só há quatro coisas que tocam o asfalto e os pneus parecem não estar funcionando. Se mudávamos o acerto, a temperatura subia até 10ºC e eles saíam da janela de funcionamento. Mas o outro lado da garagem trabalhou bem e Lewis [Hamilton] conseguiu informações úteis. Temos muito trabalho durante a noite para decidir qual direção tomamos.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da China
Pilotos Jenson Button
Tipo de artigo Últimas notícias