Jornal: nova Ferrari tem marcas “surpreendentes” em simulação

De acordo com Gazzetta dello Sport, carro italiano de 2018 terá distância entre os eixos maior e deixou engenheiros otimistas

Na busca de encerrar o jejum de títulos que já dura dez anos, a Ferrari tem se mostrado otimista nos bastidores após as simulações feitas com seu carro para a temporada de 2018 da F1.

É o que garante reportagem do jornal italiano Gazzetta dello Sport. Segundo a publicação, os números obtidos pelo novo projeto, cujo nome oficial ainda não foi divulgado, tem superado as expectativas, o que dá indício a mais uma temporada forte para a Scuderia de Maranello.

O jornal também especifica que o novo carro, sob liderança de Simone Resta e Enrico Cardile, terá maior distância entre os eixos do que os modelos antecessores, já que o objetivo é melhorar a performance do conjunto em pistas de velocidade mais alta – onde a Mercedes mostrou maior vantagem no ano passado.

A Ferrari conseguiu ser aprovada nos testes de impacto da FIA, que ficaram mais rigorosos após a introdução do halo para 2018. O novo modelo será lançado no dia 22 de fevereiro, quatro dias antes do início da pré-temporada da F1.

O time manterá Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen pelo quarto ano consecutivo. Em 2017, o alemão terminou como vice-campeão e não conseguiu conquistar o título pela Ferrari – o último a obter o feito foi justamente Raikkonen, em 2007. 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias