Kimi diz que halo funcionou como “guarda-sol” na Austrália

Piloto finlandês olha lado bom e diz que novo dispositivo o protegeu dos raios de sol no fim da corrida

Disputado do meio para o fim da tarde, o GP da Austrália normalmente termina com o sol na altura dos olhos dos pilotos, o que é um problema em um esporte de alta performance como a Fórmula 1. Apesar da utilização de viseiras e até sobreviseiras escuras, a luz incidente sempre foi motivo de preocupação.

Porém, para Kimi Raikkonen o halo foi de grande ajuda neste quesito na prova do último domingo.

Perguntado em Melbourne se o dispositivo teve alguma influência em sua pilotagem em condições de corrida, Raikkonen disse que a influência foi positiva por este motivo específico.

"Não foi diferente do que já havia sido nos testes ou em qualquer outro ponto. Acho que isso (halo) definitivamente não incomoda", disse Raikkonen.

"Eu acho que foi útil aqui por causa do sol. Quando chegou à altura certa, ele bloqueou o sol dos olhos."

O vencedor de Melbourne, Sebastian Vettel, ecoou a visão de seu companheiro de equipe sobre o efeito positivo do novo elemento, e não relatou nenhum problema real na corrida.

"Eu acho que só foi benéfico aqui, e é mais seguro", disse o alemão.

"Talvez as pessoas não gostem da aparência, mas você sabe, pode fazer a diferença para nós um dia e é uma coisa boa para ter."

"Durante a corrida, não foi problema. Como Kimi disse, até ajudou. Funcionou como uma pala.”

"Na volta da vitória foi quando incomodou, porque você não podia ver tão bem as pessoas nas arquibancadas.”

"Eu estava tentando encontrar um ponto bom, se era melhor olhar para baixo, porque não estava alto o suficiente para olhar acima. Fora isso, não há diferença."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Kimi Raikkonen
Tipo de artigo Últimas notícias