Kimi faz Vettel "trabalhar por seu dinheiro", diz ferrarista

Segundo James Allison, diretor técnico da Ferrari, o finlandês tem forçado o alemão a forçar os limites mais do que a diferença na classificação sugere

O diretor técnico da Ferrari, James Allison, reconhece Kimi Raikkonen como um desafio maior para o companheiro de equipe Sebastian Vettel do que a diferença de pontos entre eles sugere.

Vettel terminou a temporada com vantagem de 128 pontos sobre Raikkonen no Mundial de Pilotos e assegurou todas os três vitórias da equipe em 2015.

Mas Allison acredita que Raikkonen tenha realmente forçado mais Vettel durante toda a temporada do que os resultados sugerem.

"Houve um grande número de ocasiões em que ele fez Sebastian suar e isso fez o companheiro se esforçar ao máximo para se manter à frente," disse à BBC.

Allison destacou especialmente a melhor colocação de Raikkonen no ano, o segundo lugar no Bahrain, bem como o ritmo do finlandês em Silverstone, onde ele foi mais veloz que Vettel, mas terminou a corrida apenas em oitavo devido às condições adversas da pista.

"(Em Silverstone) Sebastian era totalmente sincero que não poderia competir com Kimi em várias seções da pista na corrida, ele não era tão rápido", Allison apontou. "Mas em outros momentos do ano alguns erros fizeram com que ele (Raikkonen) tivesse má sorte",  disse.

"Mas o que temos visto ao longo da temporada, e especialmente no final, é Kimi realmente fazendo Sebastian trabalhar pelo seu dinheiro", complementou.

O finlandês tem contrato com a Ferrari até o final da temporada de 2016.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Kimi Raikkonen , Sebastian Vettel
Equipes Ferrari
Tipo de artigo Últimas notícias