Kimi não se importa com futuro da F1: “não estarei aqui”

Pedido para comentar e sugerir ideias sobre novos rumos do campeonato, finlandês se esquiva: “não estou interessado”

Grande assunto do paddock no circuito de Sakhir nesta quinta-feira (5) no Bahrein, o novo plano da Liberty Media para a F1 a partir de 2021 não interessa ao finlandês Kimi Raikkonen.

O campeão de 2007, notabilizado por dizer o que pensa, mais uma vez deu das suas quando perguntado o que esperava das novas medidas que prometem tentar igualar a distribuição de renda e as forças do grid da F1.

"Depende deles, não é nossa decisão. É o negócio deles”, disse Kimi.

“A verdade é que eu não sei o que eles estão fazendo. Eu sei muito pouco sobre isso e eu também não estou interessado. É uma decisão que irá afetar os próximos anos, e eu duvido que estarei aqui."

"Eu não entendi sua pergunta. Eu não tenho nenhum poder de decisão, então não sei para que vale a pena isso. Eu não posso mudar nada, não fazemos as regras. Por que dar a eles uma lista de coisas que não valem nada?"

Raikkonen fará seu 273º GP neste fim de semana em Sakhir, um circuito onde nunca venceu ou conquistou a pole position.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Bahrein
Pista Bahrain International Circuit
Pilotos Kimi Raikkonen
Equipes Ferrari
Tipo de artigo Últimas notícias