Kimi: "Seria estúpido dizer que não vamos lutar pelo título"

Finlandês comemora início de ano mais positivo que em 2012: após cinco etapas, somou 36 pontos a mais que ano passado

Após as cinco primeiras etapas do campeonato, Kimi Raikkonen já somou quase o dobro dos pontos obtidos a esta altura no ano passado, quando terminou em terceiro lugar. Após o GP da Espanha de 2012, o finlandês tinha 49 pontos; agora, tem 85 e, mesmo em uma equipe sem o orçamento do tamanho de Red Bull e Ferrari, se mostra confiante de que pode disputar o que seria seu bicampeonato.

“Já tivemos uma chance ano passado. É óbvio que, há um ano, não estávamos em uma posição tão forte, então seria estúpido dizer que não vamos lutar pelo título. O único motivo para estarmos aqui é para tentar lutar por campeonatos e corridas”, garantiu o finlandês.

“Vamos lutar, mas não sei se conseguiremos porque é só ter umas duas corridas ruins e você sai da briga completamente. Vamos tentar manter os bons resultados e, quando tivermos um final de semana ruim – e tenho certeza de que teremos – vamos tentar não perder muito. Isso é o principal para brigar pelo título.”

Raikkonen lembrou que está no segundo ano com a equipe Lotus e que a relação melhorou nesse meio tempo.

“Eu conheço a equipe, eles me conhecem, e tudo funciona melhor. O objetivo era começar melhor [que ano passado] e fizemos isso. Obviamente, estamos em uma posição forte, mas as coisas podem caminhar para qualquer lado.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Kimi Raikkonen
Tipo de artigo Últimas notícias