Koba, 2º, avisa: o ponto forte da Sauber é o ritmo de corrida

Piloto, que fará sua estreia na primeira fila, admite que nem sua equipe esperava um desempenho tão positivo

Mesmo antes de chegar ao palco do GP da Bélgica, Kamui Kobayashi esperava que sua Sauber se adaptasse bem às curvas de alta do circuito de Spa-Francorchamps. Mas nem o piloto acreditava que seria capaz de largar pela primeira vez entre os dois primeiros na F-1. Agora que sai em segundo, Koba quer mais e aposta no forte ritmo do C31 aos domingos.

“Esperávamos ir bem nesse final de semana porque sabíamos que o carro se adaptaria a este tipo de circuito, mas claro que não esperávamos ficar em segundo na classificação, até porque temos sido mais fortes nas corridas. Acho que temos uma grande oportunidade para amanhã.”

O japonês, que superou o companheiro Sergio Perez pela sétima vez no grid, revelou que a equipe não sabia onde estava em relação aos rivais após os treinos livres.

 “Foi uma boa classificação. Ontem, tivemos muitas dificuldades e não fazíamos ideia de onde estaríamos. Depois do treino livre, sabíamos que poderíamos ser melhores. Não sei o quanto as condições de pista melhoraram, mas me senti muito confiante e até bom voltar andando forte depois da pausa. Serão três meses com nove corridas, será muito corrido, mas também muito importante para nós, então estou muito feliz com o resultado.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Bélgica
Pilotos Kamui Kobayashi
Tipo de artigo Últimas notícias