Koba: "Sem a foto do pódio é como se você nunca estivesse na F-1"

Após estourar o champanhe pela primeira vez na carreira, japonês revela confiança de que chegara sua hora

Agora, Kamui Kobayashi pode dizer que foi um piloto de F-1 um dia. Após conquistar o primeiro pódio da carreira – e logo correndo em casa, no Japão – o piloto da Sauber disse sempre ter acreditado que ninguém poderia dizer que esteve na categoria sem ter estourado o champanhe pelo menos uma vez. “Sempre senti que, se quiser olhar para trás e se ver como um piloto do F-1, você tinha de subir ao pódio pelo menos uma vez. Sem essa foto é como se você nunca tivesse estado lá. Significa muito para mim”, afirmou em entrevista nesta segunda-feira, quando voltou ao circuito de Suzuka para participar de um evento com mais de 5.000 torcedores.

“Tinha muita confiança quando chegamos no Japão, mas quando fomos mais lentos que esperávamos na sexta-feira, fiquei um pouco preocupado. Depois, a classificação foi boa e a corrida foi dura até o final”.

Perguntado sobre o motivo de tanta certeza de que teria um bom resultado, algo que expressou por todo o final de semana, Kobayashi afirmou que tinha uma série de motivos para acreditar que sua hora havia chegado. “Primeiro, tinha muita fé na equipe; segundo, sabia que tinha um carro rápido e, terceiro, era claro para mim que Suzuka era a pista perfeita [para o pódio]. Tive algumas chances antes, mas as perdi por azar. Sabia que o potencial estava lá e desta vez tudo correu normalmente”.

Ao cruzar a linha de chegada, a meio segundo de Jenson Button, o japonês afirmou que relaxou “instantaneamente”. “Sem dúvida foi uma corrida muito importante para minha carreira. Senti que teremos mais corridas fortes até o final e a quinta posição no Mundial de Construtores”. 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Japão
Pilotos Kamui Kobayashi
Tipo de artigo Últimas notícias