Koba sofre com desgaste de pneus, problema em câmbio e falta de equilíbrio

Japonês fica parado nos boxes por 40 minutos e afirma que pouco que andou já mostra que degradação será alta

Kobayashi passou boa parte do dia assim: nos boxes

O desgaste dos pneus deve ser dramático no Grande Prêmio da Malásia. A avaliação é da equipe que nos últimos anos menos sofreu em preservar a borracha dos compostos da Pirelli: a Sauber. Kamui Kobayashi ficou impressionado no pouco que andou, já que teve um problema de câmbio.

"Não posso prever nada [desgaste dos pneus], porque perdi quarenta minutos com um problema no câmbio. Dirigi pouco e é difícil avaliar as coisas, mas pela primeira vez testamos os pneus de 2012 com tanto calor. Me pareceu que a degradação será enorme na corrida."

"Foi duro fazê-los funcionar da melhor maneira", disse o japonês, o 14º do dia, que fez coro com o companheiro Sergio Perez, outro que sublinhou o desgaste excessivo dos pneus.

Problema de câmbio e desgaste de pneus; a vida de Kobayashi não poderia ser mais difícil na sexta-feira. Na verdade, poderia sim. "Foi difícil encontrar o melhor equilíbrio e ainda não conseguimos o acerto ideal. Teremos de trabalhar muito nesta noite."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Malásia
Pilotos Kamui Kobayashi
Tipo de artigo Últimas notícias