Kobayashi volta a detonar ritmo da Caterham: "É GP2, não F1"

Japonês está bastante preocupado com fraco desempenho do carro na pré-temporada e vê pouco tempo para melhorar

Retornando à F1 após uma temporada fora, o japonês Kamui Kobayashi segue mostrando preocupação com o ritmo de sua Caterham nesta pré-temporada. Depois de dizer que o carro está até , Kobayashi enfatizou que o time se encontra no nível da GP2 no momento, não da F1.

“Não estamos disputando os GPs ainda, mas se estivéssemos, seria melhor trazer um carro da GP2. Neste momento, acho que não estamos na F1”, disse Koba no Bahrein.

Na última semana, o japonês fez sem melhor tempo em 1min39.8s na pista de Sakhir, tempo 4 décimos de segundo mais lento que a pole de Fabio Leimer na GP2 em 2013.

"Quando você olha para o tempo de volta, não tem como não ficar preocupado. Eu não posso estar feliz, mas tenho que pensar no que podemos fazer”, continuou Kobayashi. “O tempo é muito limitado e nós precisamos pensar tanto em confiabilidade, quanto em  desempenho. Nós temos que tentar, tanto quanto pudermos”, completou.

Ainda esta semana, os carros voltam à pista de Sakhir para os últimos quatro dias de testes da pré-temporada, antes da primeira corrida de 2014, em Melbourne, Austrália.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Bahrein
Pilotos Kamui Kobayashi
Tipo de artigo Últimas notícias