Kubica abre mão de teste na sexta para ajudar Stroll

Robert Kubica se ofereceu para ficar de fora de seu último teste de pré-temporada com a Williams, em Barcelona, para dar a Lance Stroll mais tempo com o carro.

Originalmente, o piloto polonês pilotaria na manhã de sexta-feira antes de ceder o carro a Sergey Sirotkin, que encerraria os testes pela equipe.

Mas, como Stroll perdeu quilometragem valiosa nos dois testes devido ao mau tempo e a problemas no carro, Kubica sugeriu à equipe que seu turno fosse passado ao canadense.

A Williams aceitou a ideia e alterou sua programação, usando Sirotkin pela manhã e Stroll à tarde.

Claire Williams enalteceu a postura de Kubica. “Na verdade, foi ideia de Robert. Acho que, durante os sete dias que tivemos aqui, os pilotos, pelos mais diferentes motivos, seja condições climáticas ou por direções que tomamos, não tiveram o tempo de pista que queríamos que eles tivessem antes da Austrália.”

“Como todos sabem, Robert é um piloto de corridas com incrível consideração e tivemos muita sorte nisso. Ele sabe que, para o benefício da equipe, os pilotos precisam do máximo de quilometragem. Então, isso foi uma oferta generosa sua, não foi a equipe.”

“Nós não pedimos a ele. Não foi Lance. Foi Robert. Partiu dele, e claramente iríamos aceitar que nossos pilotos titulares estejam na melhor posição possível para a Austrália. Dar o carro aos dois nos ajudará.”

Reportagem adicional de Oleg Karpov

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Robert Kubica
Equipes Williams
Tipo de artigo Últimas notícias