Kubica inicia teste decisivo com a Williams em Abu Dhabi

compartilhar
comentários
Kubica inicia teste decisivo com a Williams em Abu Dhabi
Por: Lawrence Barretto
28 de nov de 2017 08:52

Polonês já completou seus primeiros quilômetros com o FW40 em sessão que servirá para avaliar suas condições físicas

Robert Kubica, Williams FW40
Robert Kubica, Williams
Robert Kubica, Williams FW40
Robert Kubica, Williams FW40
Robert Kubica, Williams FW40
Robert Kubica, Williams, Nico Rosberg
Robert Kubica, Williams FW40
Robert Kubica, Williams FW40

Robert Kubica já foi à pista com o carro da Williams de 2017 em Abu Dhabi, quando a equipe avaliará se suas lesões poderão afetar suas habilidades para retornar à F1.

O polonês, cuja carreira na F1 foi interrompida pelas graves lesões que sofreu em um acidente de rali, em 2011, é o favorito a substituir Felipe Massa na Williams na próxima temporada.

A Williams ficou encorajada com sua forma durante os testes que fez com o carro de 2014, em Silverstone e Hungria.

Ele também guiou um Renault de 2017 em Hungaroring em agosto, durante os testes coletivos, mas o teste da Pirelli em Yas Marina dá a Williams sua primeira impressão de suas capacidades com o equipamento atual.

O diretor técnico da Williams, Paddy Lowe, e o chefe de performance, Rob Smedley, permaneceram em Abu Dhabi para acompanhar seu progresso - assim como Nico Rosberg, que está atuando em seu grupo de empresários em sua jornada para voltar à F1. 

“Todos nós vimos como ele era na F1 no passado – um ótimo piloto, muito profissional, comprometido, entusiasmado, muito inteligente. Ele é uma promessa empolgante e é por isso que estamos olhando para ele”, disse Lowe.

“Estamos em progresso com Robert. É uma questão de avaliar se suas lesões terão impacto em sua habilidade de guiar um F1, simples assim.”

Lowe afirmou que precisou fazer apenas algumas pequenas mudanças, incluindo a mudança completa das marchas na alavanca da esquerda (normalmente os pilotos sobem a marcha com a alavanca direita e reduzem com a esquerda).

“Na verdade, a maioria dos pilotos ajustam o volante às suas preferências de qualquer forma. Na maioria das equipes, você vai encontrar volantes diferentes entre seus dois pilotos”, explicou Lowe.

O polonês pilotará até o meio da tarde local, antes de ceder o carro a Lance Stroll. Já o russo Sergey Sirotkin guiará na quarta-feira de manhã e em parte da tarde antes de devolver o FW40 a Kubica nas horas finais do teste.

Próxima Fórmula 1 matéria
Renault culpa replay por não devolução de posição de Hulk

Previous article

Renault culpa replay por não devolução de posição de Hulk

Next article

Honda: parceria com STR será “mais igual” do que com McLaren

Honda: parceria com STR será “mais igual” do que com McLaren
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Robert Kubica
Equipes Williams
Autor Lawrence Barretto
Tipo de matéria Últimas notícias