Kvyat comemora ida ao Q3 e Vergne mostra confiança para pontuar

Russo foi o 10º neste sábado em Marina Bay, enquanto francês conquistou o 12º lugar no grid

Depois de duas classificações fora do Q3, a Toro Rosso voltou a participar da última parte do treino neste sábado em Cingapura. Graças a Daniil Kvyat, 10º colocado no grid.

“Definitivamente conseguimos o máximo do carro hoje. P10 foi o melhor resultado possível hoje”, comentou o russo. “Consegui juntar tudo e fazer uma boa volta no Q2, mas, no Q3, o carro estava difícil de conduzir”, revelou o jovem, que foi 20 milésimos mais rápido que Jenson Button para garantir a última vaga ao Q3.  “Ainda temos trabalho para fazer neste sábado para conseguir um carro mais consistente amanhã. Mas hoje fizemos o que podíamos”.

[publicidade] Jean-Eric Vergne ficou bem próximo do companheiro no Q2, cerca de 60 milésimos atrás, mas larga em 12º amanhã. O francês reclamou da parte dianteira de seu carro. “Meu carro teve alguns problemas com os pneus dianteiros e eu simplesmente não consegui trazê-los para a temperatura correta. Isso me fez cometer um erro e perder três décimos no Q2. A vaga no Q3 ficou bem próxima, então foi uma pena. Mas o que conta é no domingo e temos um carro competitivo aqui, capaz de ganhar posições e marcar pontos”, disse, esbanjando confiança.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Cingapura
Tipo de artigo Últimas notícias