Kvyat diz que "merece esclarecimentos" da Red Bull

Russo afirma que quer saber o que será de seu futuro na equipe

Em meio a uma frustrante temporada de 2017 com a Toro Rosso, Daniil Kvyat foi colocado de lado no meio do campeonato, mas estará fazendo seu retorno no GP dos Estados Unidos deste fim de semana.

E enquanto seu companheiro, Carlos Sainz Jr., foi para a Renault, Kvyat não tem certeza se vai ficar na equipe no próximo ano ou mesmo nesta temporada.

Perguntado pelo Motorsport.com se ele estava irritado com a sua saída, que veio depois de Cingapura, Kvyat disse: "Eu não acho que eu deveria estar feliz."

"Além disso, acho que não era realmente uma coisa ruim. Olhando para trás, olhando como as corridas estavam para a equipe, eu não senti muito a falta dessas duas corridas, porque foram bastante ruins para o desempenho da equipe, mas, para ser sincero, você sempre quer correr, não?"

"Vamos discutir essas coisas à portas fechadas, vamos decidir qual é o próximo passo para o futuro. Eu acho que mereço isso, ter esclarecimentos."

Com os recém-chegados Pierre Gasly e Brendon Hartley, seu companheiro de equipe no GP dos EUA, Kvyat admitiu que não sabe se está nos planos após Austin.

O russo disse que tem contrato com a Red Bull por "mais dois anos", embora seja entendido que tal acordo não garante que continuará a representar a empresa na F1.

"Eu apenas fiz o meu trabalho, tenho um contrato com a Red Bull por mais dois anos. Na medida em que tenho esse contrato, tenho que fazer o meu trabalho tão bem quanto puder, e se houver outras oportunidades, discutimos isso e decidimos o que é melhor."

Kvyat disse que a notícia de sua rejeição após Cingapura veio "um pouco fora do horizonte", porque havia muita confusão em relação a tudo."

Sobre se ele foi tratado justamente pela Red Bull, ele disse: "Eu não quero discutir isso agora. Falar sobre isso não me ajudará a me concentrar para o fim de semana."

"Isso é tudo o que importa, eu quero afastar todos esses pensamentos sobre 'justo'ou 'não justo', seja o que for."

"Eu apenas tenho o meu trabalho aqui, meu carro, tenho muitos novos estímulos, motivações, e quero usá-los no meu melhor, tentar maximizar meu desempenho."

"Sinto que havia um potencial muito grande o tempo todo, que não foi usado muito neste ano, e quero corrigir isso, porque ainda há uma chance de corrigir isso."

Relatos adicionais por Jonathan Noble

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Daniil Kvyat
Equipes Toro Rosso
Tipo de artigo Últimas notícias