Largando da última fila, Perez bate na trave dos pontos

Mexicano foi o 11º, mesmo saindo de 23º e recebendo um drive through, enquanto Kobayashi abandonou após toque com Grosjean

Perez lutou por posição o tempo todo em Mônaco

Sergio Perez bateu na trave do que seria um feito louvável em uma pista travada como a de Monte Carlo. O mexicano, que largou em 23º após bater no treino classificatório, chegou em 11º no GP de Mônaco, a uma posição de marcar pontos para a Sauber. Isso mesmo tendo recebido um drive through por manobra irregular com Kimi Raikkonen.

“Éramos muito rápidos, mas pela minha posição de largada era muito difícil ultrapassar e avançar no pelotão. Depois do drive through, consegui ganhar algumas posições, mas a corrida foi perdida ainda ontem. Esperávamos que chovesse, mas nada aconteceu e acabou sendo uma prova normal.”

Seu companheiro Kamui Kobayashi acredita que poderia ter chegado próximo de Vettel, quarto colocado. O japonês, no entanto, sofreu danos em sua Sauber ainda na largada.

“Tive uma ótima largada e estava lutando com Vettel, então poderia chegar logo atrás dele. Primeiro Grosjean foi para o lado de dentro, mas depois voltou para o de fora. Tentei escapar, mas ele não freou, bateu no meu pneu traseiro e estragou minha suspensão. Aí, ficou muito perigoso continuar.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Monaco
Pilotos Kamui Kobayashi , Sergio Perez
Tipo de artigo Últimas notícias