Lauda critica F1 por banimento de grid girls: “Estúpidos”

Tricampeão mundial diz que decisão não favorece as mulheres e pede para que categoria reveja a mudança

Niki Lauda pediu para que os chefes da F1 reconsiderem o banimento das grid girls, afirmando que a decisão “não favorece as mulheres”.

O grupo Liberty Media, proprietário da F1, anunciou no começo da semana que iria descartar a tradição das grid girls pelo fato de o conceito não se encaixar mais com a imagem corporativa do esporte.

A decisão gerou grande controvérsia, ganhando manchetes e se tornando assunto de discussões.

Mas Lauda, diretor não-executivo da Mercedes, se juntou aos que criticaram a decisão, afirmando que se tratou de uma mudança “estúpida”.

“Essa é uma decisão contra as mulheres”, disse Lauda, ao jornal austríaco Der Standard.

“Homens tomaram a decisão e passaram por cima das mulheres. Isso não fará favor algum à F1 e especialmente não às mulheres. O quão estúpidos eles podem ser? Eles são malucos?”, continuou.

Lauda acrescentou: “Espero que haja uma forma de reverter a decisão. Eu não ligaria em ver grid boys ao lado de grid girls. Por que não?”

Enquanto houve sugestões de que a retirada de grid girls ajudaria a mudar a percepção de mulheres no esporte, Lauda acredita que não faça sentido pensar que as duas coisas estejam interligadas.

Ele afirmou que o sucesso de mulheres em posições sênior no automobilismo não possui relação com a existência ou não de garotas no grid.

“As grid girls sempre pertenceram à F1, e elas deveriam continuar pertencentes à F1”, disse o tricampeão.

“Mulheres estão crescendo [em cargos de destaque] e elas estão indo muito bem. Está tudo se movendo na direção correta. Mas uma coisa não exclui a outra. Não quero atrapalhar as mulheres, quero encorajá-las.”

“Se você continuar neste caminho, não sobrará uma cheerleader nos Estados Unidos.”

Declarações traduzidas por Markus Luttgens

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Niki Lauda
Tipo de artigo Últimas notícias