Lauda dispara contra Verstappen: “é um caso perdido”

33,142 visualizações

Ex-campeão do mundo detona atitude do holandês de 19 anos: “não sei de onde essa arrogância vem”

Depois de se tocar com Nico Rosberg na primeira curva e ter se envolvido em uma polêmica batalha com Sebastian Vettel no fim da corrida, o tricampeão da Fórmula 1, Niki Lauda, disse que a conduta de Max Verstappen "não foi aceitável" neste domingo (30) no México.

"Nico estava claramente na frente e Verstappen o forçou para fora da pista", disse Lauda. "Isso poderia ter custado a Nico o campeonato. Isso não é aceitável.”

"É culpa do Verstappen. Ele dirige de uma forma muito agressiva. Em algum momento ele tem que perceber isso."

"Esta é uma causa perdida"

Quando questionado sobre a punição que Verstappen recebeu por cortar a primeira curva na luta com Sebastian Vettel, Lauda acredita que o holandês adolescente errou mais uma vez.

"Foi uma decisão justa e direita", acrescentou. "Um reincidente como ele tem de ser penalizado. Helmut (Marko, conselheiro da Red Bull) deveria falar com ele.”

"Se Verstappen não guiasse de uma forma tão agressiva, ele se desenvolveria muito melhor. Seu talento é inacreditável, mas ele quebra tudo com essas ações estúpidas.”

"Ele não percebe. Ele acha que está fazendo tudo certo, mas não está. Ele tem que se acalmar."

Quando perguntado sobre o gesto de Verstappen para Vettel após a corrida, Lauda respondeu: "Eu não sei de onde essa arrogância vem. Não estou entendendo”.

"Esta é uma causa perdida. O descontentamento dos outros pilotos só fica maior e maior."

Reportagem adicional Stefan Ehlen

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do México
Pista Autodromo Hermanos Rodriguez
Pilotos Nico Rosberg , Max Verstappen
Equipes Red Bull Racing , Mercedes
Tipo de artigo Últimas notícias