Lauda: "dono da Red Bull perdeu o interesse na F1"

Niki Lauda acredita que o dono da Red Bull, Dietrich Mateschitz, perdeu o interesse na Fórmula 1, e isso poderia culminar na extinção das equipes da marca

A Red Bull deixou claro nas últimas semanas que não irá continuar na Fórmula 1 se não puder assinar um contrato com fornecedor de motores que seja competitivo. A tentativa inicial de parceria com a Mercedes fracassou e as conversas com a Ferrari não estão progredindo como se esperava.

Niki Lauda, que é um dos diretores não-executivos da Mercedes, acredita que Mateschitz dá sinais de que já tomou sua decisão, e por isso não se envolve a fundo nas negociações sobre motores, como já fez no passado.

 

"Ele não o faz - ele simplesmente não o faz", disse Lauda. "Mateschitz está em um momento, eu acredito, que ele não está se esforçando. Ele deixa Helmut (Marko) e Christian (Horner) trabalharem nisso, mas ele não é mais o líder que era no passado. Antigamente, ele fazia de tudo."

A Red Bull afirmou que as ameaças de deixar a F1 são reais, e Lauda diz que o comportamento de Mateschitz mostra que há uma grande chance de isso acontecer. "Acabar em uma situação em que há apenas um motor disponível é difícil", disse Lauda.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Equipes Red Bull Racing
Tipo de artigo Últimas notícias
Tags lauda, mateschitz