Lenda americana da F1, Gurney morre aos 86 anos

Piloto que marcou história nas principais competições do automobilismo no mundo faleceu na noite de domingo, após complicações de uma pneumonia

Lenda americana do automobilismo, Dan Gurney faleceu na noite do último domingo, aos 86 anos, vítima de complicações relacionadas a uma pneumonia.

Gurney triunfou em provas do alto escalão das pistas, como na F1, Le Mans, Indy e Nascar. Ele também teve sua própria equipe, a All American Racers, usando o nome Eagle – vencendo o GP da Bélgica de 1967 em seu próprio carro.

Gurney venceu quatro GPs em 86 largadas por Ferrari, BRM, Porsche, Lotus, Brabham, Eagle e McLaren. Ele também venceu as 24 Horas de Le Mans de 1967 pela Ford ao lado de AJ Foyt, prova em que iniciou a tradição de estourar champanhe no pódio.

Sua carreira na Indy resultou na criação do item aerodinâmico Gurney flap, sendo que, na Nascar, venceu cinco corridas em Riverside, na Califórnia.

Na noite de domingo, sua esposa, Evi, e a família Gurney emitiram o seguinte comunicado:

“Com um último sorriso em sua bela face, Dan guiou rumo ao desconhecido pouco depois do meio-dia de hoje, 14 de janeiro de 2018. Com o pesar mais profundo, com gratidão em nossos corações pelo amor e alegria que você nos deu durante sua passagem pela terra, nós dizemos adeus.”

De acordo com os desejos de Gurney, seu funeral será privado.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1 , IndyCar , Le Mans , NASCAR Cup
Pilotos Dan Gurney
Tipo de artigo Últimas notícias