Lewis: "É a 1ª vez na vida que não me sinto confortável no carro"

Mesmo satisfeito com seus resultados até aqui, inglês lembra que Mercedes não foi desenvolvido para ele

Ele é o quarto colocado no campeonato, com 99 pontos e 15 de vantagem sobre o companheiro Nico Rosberg. Mas Lewis Hamilton garante que não está se sentindo confortável neste seu primeiro ano na Mercedes.

O inglês destacou ao TotalRace que, por não ter participado do desenvolvimento do carro, está tendo dificuldades de adaptação. Até por isso, se diz feliz com seu desempenho até aqui no campeonato.

“Não tenho me sentido 100% neste carro por algum motivo. É a primeira vez na minha vida que isso acontece. Mas, considerando os resultados que tive até aqui, mesmo com essa sensação, estou animado para o resto do ano e estou trabalhando muito duro para superar isso. Quando o fizer, estou animado para ver quais serão os resultados.”

Hamilton não consegue identificar uma área em que precisa melhorar. “Não sei o que é. Quando você pilota um carro de Fórmula 1, você precisa se sentir conectado para conseguir extrair o máximo de rendimento em lugares nos quais os outros não conseguem – é assim que você ganha uma vantagem. É um carro incrível, mas não é tão fácil quanto o que eu experimentei antes”, reconheceu.

“Eu pilotei um mesmo carro por muito tempo, a cada ano era uma evolução. Os freios, a posição do banco, os controles, tudo evoluiu na direção que eu queria. Aqui, acabei de chegar em um carro que foi desenvolvido para Nico e Michael, então demora um tempo para adaptá-lo ao meu estilo de pilotagem.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias