Liberty ainda tem "desejo" para GP de Londres, diz Horner

compartilhar
comentários
Liberty ainda tem
Jonathan Noble
Por: Jonathan Noble
5 de jul de 2018 11:04

Proprietários da Fórmula 1 ainda estão decididos a fazer uma corrida em Londres, avalia o chefe da Red Bull, em meio à incerteza sobre o futuro do GP da Grã-Bretanha

Jenson Button, McLaren, takes Naomi Campbell around the track in a 2 seater
Stoffel Vandoorne, McLaren, drives a 1991 McLaren MP4/6
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB13, does some donuts
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32, demonstrates the McLaren MP4/6 driven in 1991 by Ayrton Senna
Stoffel Vandoorne, McLaren, drives a 1991 McLaren MP4/6

Com Silverstone tendo ativado uma cláusula de rompimento em seu contrato no ano passado, o que significa que o evento de 2019 será o último sob o acordo atual, ainda não houve nenhuma palavra sobre uma potencial extensão de negócio.

E em meio à possibilidade de que o GP da Grã-Bretanha do ano que vem possa ser o último em Silverstone, o chefe da Red Bull, Christian Horner sugeriu que Londres continua sendo uma opção séria para a Liberty.

Falando em um evento de mídia na fábrica da Red Bull, Horner espera que Silverstone consiga um novo contrato, mas disse que o melhor cenário seria uma segunda corrida no Reino Unido, em Londres.

"Acho que Silverstone é a casa do automobilismo britânico", disse Horner. "É uma ótima pista - o acesso ao circuito agora é extremamente bom e a quantidade de fãs britânicos que estão participando é grande, acho que teremos todos os ingressos vendidos outra vez.”

"Neste fim de semana, parece que o BRDC [que é dono de Silverstone] e a Liberty estão mais próximos e falando mais positivamente sobre o envolvimento dos fãs, e o que eles podem fazer para melhorar a Fórmula 1.”

"Acho que há um desejo dentro da Liberty de ver uma corrida de rua em Londres e em um mundo ideal que teríamos a sorte de ter os dois, manter o GP da Grã-Bretanha em Silverstone e ter uma corrida de rua em Londres. Mas, obviamente, o calendário é cheio."

O editor recomenda:

Quando perguntado se um GP de Londres era realista, Horner disse: "Com a Liberty, eu acho que sim. Como visto em em seu discurso sobre Miami, eles estão potencialmente olhando para diferentes tipos de modelos de mercados-chave e porque não ter uma corrida em Londres um ano e uma corrida em Paris em outro?”

"Você poderia criar ótimos locais. Levar a Fórmula 1 para as pessoas também provou ser extremamente popular, algumas das melhores corridas que temos no calendário são corridas de rua."

Próxima Fórmula 1 matéria
Lowe: “Humildade” evita críticas como ocorre com McLaren

Previous article

Lowe: “Humildade” evita críticas como ocorre com McLaren

Next article

Renault: rompimento com Red Bull trará maior foco

Renault: rompimento com Red Bull trará maior foco

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Jonathan Noble
Tipo de matéria Últimas notícias