Lotus culpa “afoito” Ricciardo após abandono duplo na Inglaterra

Grosjean e Maldonado não terminam nem primeira volta no GP da Grã-Bretanha e se focam para Budapeste.

A corrida foi curta para a equipe Lotus no último domingo em Silverstone. Grosjean e Maldonado bateram na curva 3 logo na primeira volta, quando um tentou ganhar a posição do outro. No entanto, o francês culpou o australiano Daniel Ricciardo por seu abandono. Segundo ele, o piloto da Red Bull foi imprudente, tocando em seu carro.

"Foi uma corrida muito curta para a equipe, e sinto por todos aqui em Silverstone e em Enstone", disse Grosjean.

"Daniel Ricciardo deve ter pensado que seus freios e pneus fossem ser capazes de freá-lo melhor do que realmente fizeram. Só que o resultado foi que ele tirou eu e meu companheiro de equipe, o Pastor Maldonado, da prova.”

"Ninguém gosta de terminar uma corrida assim, principalmente depois de tanto esforço para preparar os carros durante o final de semana."

Diretor técnico da Lotus, Nick Chester disse que Ricciardo foi afoito demais.

"Tanto Romain quanto Pastor foram vítimas de Ricciardo no início da corrida. Os dois voltaram para a garagem depois da primeira volta.", disse ele.

"Agora vamos ter um rápido retorno a Enstone para tentarmos tudo o que pudermos para preparar os carros para a Hungria, nossa próxima oportunidade para conquistar pontos."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Grã-Bretanha
Pista Silverstone
Pilotos Romain Grosjean
Equipes Lotus F1
Tipo de artigo Últimas notícias