Lotus desiste de estrear o sistema de DRS duplo em Suzuka

Novidade, programada inicialmente para estrear na Bélgica, há três etapas, não funcionou como o esperado

A Lotus tem o que comemorar com a evolução do carro de Romain Grosjean entre as sessões de treinos livres desta sexta-feira em Suzuka, mas também o que ficar preocupada com os problemas enfrentados por Kimi Raikkonen. Outro ponto a se destacar é que a equipe, assim como no GP da Alemanha, testou o duplo DRS, mas novamente não irá usar o aparato no restante deste fim de semana. "Ele funcionou um pouco, mas não correremos com ele", disse Kimi, que testou a asa móvel dupla durante a primeira sessão de treinos livres. "Tivemos alguns problemas e isso novamente não nos ajudou", comentou.

Sexto na ultima sessão do dia, o francês Grosjean disse que o carro melhorou bastante de um treino para o outro. "Não foi um dia ruim no geral. O carro melhorou muito nesta tarde, mas mesmo assim não estamos onde queremos. Suzuka não é uma pista fácil e demanda bastante dos pneus, mas com a consistência que tivemos com ambos compostos, foi bem produtivo. Não sei se a sexta colocação é uma posição que podemos ficar amanhã, mas definitivamente ainda há alguns décimos para tirar", revelou o piloto da Lotus.

Já para o campeão mundial de 2007, Kimi Raikkonen, as sessões foram problemáticas com relação ao Kers, que apresentou problemas, deixando-o somente na 14ª colocação: "Não andamos muito por causa do problema que tivemos com o Kers, mas menos mal que aconteceu hoje e podemos concertar. Isso não foi ideal para achar nosso melhor acerto, mas não há nada que você possa fazer com relação a isso. Suzuka não é o local mais fácil de se acertar o carro, mas pelo menos ainda temos a sessão de sábado de manhã para fazer isso. Temos potencial", acredita Kimi.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Japão
Pilotos Kimi Raikkonen , Romain Grosjean
Tipo de artigo Últimas notícias