Lotus diz que acerto com Renault está quase concluído

Principal sócio do time, Gerard Lopez afirma que montadora francesa ainda tem pendências a acertar com a Fórmula 1

Terminando a temporada deste ano com o nome Lotus, o time sediado em Enstone (Inglaterra) deverá ser novamente a Renault no próximo ano. Quem confirma é o chefe do grupo acionista da equipe, Gerard Lopez.

Falando na Race of Champions em Londres neste final de semana, ele afirmou que os fundamentos do acordo entre Lotus e Renault já estão acordados, com apenas pequenos detalhes restantes.

"Acho que estamos muito bem com a Renault," disse Lopez, sócio e fundador do grupo Genii Capital que comprou a Renault em 2009, à Sky Sports.

"Até onde sei, ainda temos algumas coisas que a Renault precisa acertar com a Fórmula 1 e com a FOM. Mas, até onde tenho conhecimento, acho que estamos com um grande acordo agora."

Lopez também revelou que deverá ficar mesmo com a compra da Renault.

"Eu não vou sair. Curiosamente, eles já me pediram para ficar. Por isso, se o negócio acontecer, eu vou ficar", disse Lopez quando perguntado sobre seu papel na possível nova equipe.

"Eu ainda vou ser um proprietário, mas não terei a gerências que tenho agora."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Equipes Lotus F1
Tipo de artigo Últimas notícias