Lotus: Merecíamos estar no pódio em todas as provas até aqui

Para diretor técnico da equipe de Grosjean e Raikkonen, carro deve se adaptar bem ao circuito de Valência

Foram quatro pódios nas sete primeiras provas, mas o diretor técnico da Lotus, James Alisson, acredita que Romain Grosjean e Kimi Raikkonen poderiam ter feito muito mais. O profissional destacou o baixo consumo de pneus com grande qualidade do E20.

“É difícil falar nesses termos, mas honestamente não acredito que houve nenhuma corrida neste ano em que fomos incapazes, em termos de mérito, de chegar no pódio. Esperamos que ocorra o mesmo em Valência.”

O motivo para tanto otimismo é a crença de que as características do circuito espanhol sejam bons para o carro da Lotus.

“O asfalto em Valência é mais abrasivo e costuma estar muito quente nessa época do ano, fatores que tendem a nos favorecer. Montreal era um dos circuitos que me preocupavam, mas fomos muito bem lá. Espero que possamos produzir outro bom resultado em Valência.”

A única pedra no sapato de Grosjean e Raikkonen, no entanto, tem sido a classificação. Alisson reconheceu que a equipe vem tendo dificuldade com o mais macio dos compostos.

 “Várias vezes fomos muito rápidos no pneu duro na classificação, mas não tão bem no macio. E esse é um problema em que estamos trabalhando no momento. Há carros no grid que são muito bons em classificação, mas não tão competitivos em corrida, e vice-versa. Temos um carro que, no momento, não é tão bom na classificação, mas tem um bom ritmo de corrida. Não é uma combinação ruim, mas se quisermos ganhar corridas teremos de melhorar.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Europa
Tipo de artigo Últimas notícias