Lotus não termina programa e decide não usar duto passivo

Equipe é atrapalhada pelo clima de manhã e, com previsão de mais chuva, decide não utilizar dispositivo

Com terceiro e sexto tempos com Grosjean e Räikkönen na tarde desta sexta-feira, a Lotus se animou um pouco depois de ter ficado nas duas últimas posições no primeiro treino livre. Pelo clima instável a equipe decidiu não utilizar o duto passivo mais neste fim de semana, e ainda se vê longe da Red Bull.

"Eu me senti bem aqui hoje e o carro estava bom. Poderia ter sido um pouco melhor, mas não foi um desastre, então com certeza podemos melhorar um pouco mais para amanhã”, falou Kimi Räikkönen.

“O clima não estava ótimo nesta manhã e certamente será melhor para nós quando estiver seco. Tivemos um pequeno problema com a roda da frente na primeira sessão, que significou não irmos tão bem quanto queríamos. A tarde foi muito normal.”

“Me parece que vai ser um fim de semana difícil de bater a Red Bull, mas temos que tentar se quisermos pegá-los no campeonato.”

Mais rápido que Kimi, Grosjean explicou o problema com o duto passivo: "Foi um dia atarefado. Nós tínhamos planejado nos concentrar em avaliar nosso dispositivo [duto passivo] esta manhã, mas, com as condições do tempo, não fomos capazes de completar 100% em todos os testes, assim, com previsão de mais chuva, decidimos tirá-lo para a tarde e nos concentrar em um programa mais normal com 'long runs'.”

“Foi muito difícil fazer os pneus funcionarem da maneira que gostaria. Isso significou não termos tido uma sensação tão boa com o carro. O carro estava muito bom e vamos trabalhar nesta linha de base para continuar a melhorar. Vamos esperar para ver o que a previsão do tempo vai trazer para nós. "

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Bélgica
Pilotos Kimi Raikkonen , Romain Grosjean
Tipo de artigo Últimas notícias