Lotus protesta oficialmente contra asa traseira da Mercedes

Sistema da Mercedes faz com que, assim que o DRS esteja funcionando, o carro ganhe mais velocidade

Duto passivo faz com que carro ganhe velocidade

A equipe Lotus F1 protestou oficialmente hoje contra a asa traseira da equipe Mercedes. Mesmo que a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) já tenha confirmado a legalidade da asa, o time de Enstone entrou como pedido baseado no artigo 3.15 do regulamento esportivo.

Atualmente a Mercedes utiliza a asa móvel para "estolar" sua asa dianteira com uma espécie de dutos que estão posicionados na asa traseira. A função deste duto passivo é aumentar ainda mais a velocidade do carro quando utilizado o DRS.

O regulamento 3.15 prevê, dentre outras coisas:

"Que os dutos:
- devem respeitar as regras relativas à carroceria;
- devem ser fixadas de forma rígida a partes totalmente suspensas do veículo (forma rígida é que não tenham liberdade alguma);
- devem permanecer imóveis em relação à parte suspensa do veículo;

(...)

Nenhuma parte que tenha influência aerodinâmica e nenhuma parte da carroceria, com a exceção do bloco deslizante do artigo 3.13, pode estar situada abaixo do plano de referência."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias