Lotus rechaça declarações inseridas em comunicado de circuito

Organizadores de GP barenita colocam frases confidenciais de time em comunicado divulgado para a imprensa

Carro da Lotus

 

Em um comunicado, a equipe Lotus afirmou não ter autorizado o uso de suas palavras sobre o GP do Bahrein, divulgadas em um press-release emitido pelo circuito de Sakhir.
 
No documento, a Lotus teria dito que chegou do Bahrein "confiante de que tudo está em ordem e, para ser honesto, se não tivesse nenhuma polícia, você não veria nenhuma diferença do ano passado".
 
"Existe uma necessidade em manter o circuito e as equipes seguros, e eles estão fazendo isso e sentindo conforto com o que conseguiram. Se houver protestos, serão pacíficos _você poderá ver bandeiras e faixas, além de alguns pneus queimados, nada mais."
 
A atitude do circuito irritou o time, que se justificou: "No começo desta terça-feira, o Circuito Internacional do Bahrein divulgou um press-release atribuíndo declarações ao nosso time, mostrando total apoio para o GP do Bahrein. Essas frases eram parte de um documento interno e confidencial, mandado para todos os chefes de equipe."
 
"A Lotus F1 Team é uma das 12 equipes do Mundial e nunca tivemos a intenção de substituir a Federação Internacional de Automobilismo, que é a única parte designada a determinar se um GP deve ir à frente ou não, e endossamos o comunicado da Fota sobre isso", completa.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias