Lotus se apega a exemplo e quer alcançar a Williams em 2015

Escuderia, que contará com motores Mercedes em 2015, objetiva alcançar os carros de Felipe Massa e Valtteri Bottas

Lotus quer se recuperar do 'vexame' de 2014
Depois de um ano fracassado, a Lotus busca uma total recuperação para a próxima temporada de Fórmula 1. Para retornar ao topo (ou pelo menos para figurar entre os primeiros colocados), a escuderia tem um espelho: a Williams, que, de um 2013 péssimo, brigou por vitórias e colecionou pódios no último campeonato.
 
[publicidade]“A Williams fez um grande trabalho. Se tiverem um bom desenvolvimento ao longo do inverno, será difícil alcançá-los, mas vamos tentar aproximarmo-nos da Williams se pudermos”, declarou Nick Chester, diretor-técnico da tradicional escuderia.
 
Para seguir o exemplo da Williams e, quem sabe, alcançar a equipe de Felipe Massa e Valtteri Bottas, a Lotus já tratou de realizar uma mudança drástica: a troca do motor. Sai a Renault, que enfrentou problemas de desempenho em 2014, e entra a Mercedes.
 
A parceria com a fábrica, que consagrou a equipe homônima com o título de construtores e de Lewis Hamilton, anima o final de ano da Lotus. Chester prevê um futuro melhor com o novo acordo.
 
“O motor Mercedes pode abrir inúmeras possibilidades. O conjunto é muito diferente, e tem algumas vantagens na forma como podemos montar o sistema de refrigeração na traseira do monolugar. Acho que podemos dar um enorme passo”, disse.
 
“ Sabemos o quão valioso é o motor e sabemos quais são os nossos problemas aerodinâmicos. Resolvendo alguns problemas aerodinâmicos e com o que o motor vale, podemos dar um grande passo em frente”, completou.
 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias