Lotus tem sexta-feira discreta, mas Kimi exalta ritmo de corrida

Finlandês bateu no final do primeiro treino e ficou em 8º no geral. Grosjean foi o sexto, usando acerto mais conservador

Romain Grosjean

A sexta-feira parece não ter sido das mais produtivas para a Lotus, que teve com Romain Grosjean, em sexto, seu melhor resultado nesse primeiro dia de treinos na Coreia. Kimi Raikkonen, que bateu forte no primeiro treino, ficou apenas com a oitava colocação.

De acordo com o piloto francês, a equipe precisou usar um acerto mais conservador no segundo treino, após a primeira tentativa dar errado. “Pela manhã minhas tentativas não foram perfeitas, então tivemos que fazer mudanças à tarde, o que não estava no nosso plano. Não é fácil encontrar o melhor acerto aqui, pois os setores são bastante distintos um dos outros. Acabamos voltando para uma configuração mais convencional no treino da tarde e creio que o carro melhorou consideravelmente”, disse Grosjean, que fez o tempo de 1min39s226, mais de meio segundo mais lento que Lewis Hamilton.

“É uma distância considerável. Eles parecem muito rápidos, então acho que ficar entre os cinco primeiros é uma meta realista para nós”, concluiu.

Apesar do 8º lugar e da batida no primeiro treino, Kimi Raikkonen parecia um pouco mais animado que seu companheiro. Principalmente com o ritmo de corrida. “Claro que o fato de eu ter batido não ajudou, mas os caras fizeram um ótimo trabalho e o carro estava bom à tarde. Ainda não estamos como queríamos em voltas lançadas, mas parecemos bem fortes nos stints mais longos, o que é uma ótima notícia em relação à corrida”, definiu o finlandês.
 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Coreia
Pilotos Kimi Raikkonen , Romain Grosjean
Tipo de artigo Últimas notícias