Lowe começa trabalho na Williams em março

Ele terá a posição técnica mais alta da equipe no início do próximo mês, de acordo com reportagem no site Autosport, que faz parte do Grupo Motorsport

Paddy Lowe, que saiu da Mercedes há três semanas, era cotado para ir para Williams, após a saída do diretor técnico Pat Symonds, em dezembro.

No entanto, o cronograma da mudança não estava claro, devido aos compromissos da licença na Mercedes e a definição de seu papel na Williams.

No entanto, agora entende-se que Lowe, de 54 anos, se tornará o diretor técnico, ao lado de Claire Williams, diretora do grupo, do CEO, Mike O'Driscoll, e Nick Rose, presidente não-executivo.

Como diretor, a posição da Lowe dentro da Williams será mais alta do que a da Symonds, já que ele teria comprado uma participação na equipe. Em termos de hierarquia técnica, ele será a figura mais alta da equipe.

Está programado que Lowe comece a trabalhar no dia 1° de março, por ainda acertar os detalhes finais de sua saída da Mercedes, relativos à liberdade de trabalhar para outra equipe.

Autosport / Anthony Rowlinson e Dieter Rencken

 

 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Equipes Williams
Tipo de artigo Últimas notícias
Tags paddy lowe