Lowe: Gastos da F1 são problema maior que motores

compartilhar
comentários
Lowe: Gastos da F1 são problema maior que motores
1 de nov de 2017 16:24

Diretor técnico da Williams crê que disparidade de orçamentos seja principal empecilho a maior competitividade

Paddy Lowe, Williams Shareholder and Technical Director
Sebastian Vettel, Ferrari SF70H, Max Verstappen, Red Bull Racing RB13, Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08, Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W08, Esteban Ocon, Sahara Force India F1 VJM10, Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team RS17. and Kimi Raikkonen, Ferrari SF70H at the start
Sebastian Vettel, Ferrari SF70H, Max Verstappen, Red Bull Racing RB13, Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08, at the start
Sebastian Vettel, Ferrari SF70H, Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08, Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W08, Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB13, at the start
Paddy Lowe, Williams Shareholder and Technical Director
Sebastian Vettel, Ferrari SF70H, Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08, Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W08, Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB13, Kimi Raikkonen, Ferrari SF70H, Esteban Ocon, Sahara Force India F1 VJM10, Fernando Alonso, McLaren MCL32, Carlos Sainz Jr., Renault Sport F1 Team RS17, the rest of the field at the start
Paddy Lowe, Chief Technical Officer, Williams Formula 1
Paddy Lowe, Williams Formula 1, congratulates Lawrence Stroll on his son's third place finish

Com a FIA divulgando nesta terça-feira sua primeira proposta de como deverão ser as unidades de potência da Fórmula 1 a parir de 2021, o mundo do automobilismo se dividiu em opiniões contrárias e a favor.

Diretor técnico da Williams, Paddy Lowe não acha que o atual dilema de motores enfrentado pela F1 tenha que ser a maior preocupação da FIA no novo regulamento.

"Eu acho que quando você olha para a F1, embora haja muitas discussões sobre os problemas com os motores, este não é o maior problema no esporte", explicou Lowe.

"É visto como um problema o fato de as três principais equipes lutarem pelos melhores lugares, mas o maior problema no momento é a disparidade com o restante das equipes.”

"Eu não acho que os motores são o maior problema no esporte. Se você olhar para a corrida em Austin e o desempenho dos seis primeiros - o top-5 no final - e do resto, foram duas corridas diferentes e isso não está dividido em motores. Penso que este é um dos problemas do esporte, onde a diferença de gastos é extremamente grande. Precisamos encontrar uma grande sabedoria para superar isso."

Enquanto muitos no paddock acreditam que uma nova fórmula de motor criará uma maior concorrência, a Lowe insiste que uma estabilidade na regulamentação acabaria por resolver a questão da disparidade de desempenho entre as equipes.

"Eu acho que sempre que você altera os regulamentos, sempre cria oportunidades e realmente cria uma divergência, seja em torno dos motores ou dos limites. O que cria convergência de performance é a estabilidade dos regulamentos.”

"Vemos isso com os motores hoje, pois eles estão muito mais próximos do que eram há três anos. Eu acho que a nova mudança de regulamentos deve ser feita com muito cuidado. Acho curioso que as pessoas coloquem ênfase em novos regulamentos necessários para criar convergência quando o contrário seria o melhor."

Próxima Fórmula 1 matéria
Red Bull: Verstappen não precisou de caos para vencer

Previous article

Red Bull: Verstappen não precisou de caos para vencer

Next article

Dano em difusor dificultou recuperação de Hamilton no México

Dano em difusor dificultou recuperação de Hamilton no México
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Tipo de matéria Últimas notícias