Lowe: Proximidade com Hamilton será "extremamente valiosa" para Russell

compartilhar
comentários
Lowe: Proximidade com Hamilton será
Por:
27 de jan de 2019 16:49

Ser piloto reserva da Mercedes e ver o pentacampeão mundial Lewis Hamilton de perto será "extremamente valioso" para o jovem piloto, avalia o diretor técnico da Williams, Paddy Lowe

Ao mesmo tempo que se tornava campeão da Fórmula 2, George Russell passou a temporada de 2018 como piloto do programa da Mercedes.

Lowe, que fazia parte da equipe antes de se mudar para a Williams no início da temporada de 2017, calcula que Russell é "inteligente e humilde" o suficiente para aprender com o acesso que teve a Hamilton.

"Acho que será muito valioso", disse Lowe ao Motorsport.com. “Os pilotos podem ter uma tendência a trabalhar em sua própria bolha e, por natureza, são competitivos, então você é preparado para pensar que é o melhor.”

“Essa é a definição do competidor, que é o que você quer em um piloto de Fórmula 1, mas não bate com o ponto de vista da personalidade de olhar para outra pessoa e dizer: 'eu quero aprender com ele' ou 'eu o admiro porque ele é melhor que eu'.”

“George é inteligente e humilde o suficiente para aproveitar e apreciar esse privilégio de trabalhar ao lado de alguém que, sem dúvida, está bem à sua frente no momento.”

"Para ele ter visto exatamente como Lewis trabalha, quais são as coisas com que passa seu tempo, qual é a sua abordagem, qual é a atitude, será extremamente valioso no futuro."

Russell admitiu anteriormente que estava aliviado ao ver quão duro Hamilton trabalha e confirmou que ele não é apenas bem-sucedido apenas por ser talentoso.

Falando sobre como ele tentou aproveitar ao máximo seu tempo com Hamilton e Mercedes, Russell disse que tentou "usar meus ouvidos mais do que minha boca."

"Todo piloto é diferente e, se um piloto guiar de certa forma, ele provavelmente não conseguirá traduzir isso para outro piloto se ele disser: ‘faça isso, faça aquilo’, disse Russell ao Motorsport.com.

“Cada piloto tem que encontrar seu próprio jeito de competir, mas as coisas que aprendi é como ele interage com a equipe, o feedback e tudo mais, e é isso que eu poderia aprender.”

"Lewis oferece alguns conselhos aqui e ali, mas como eu digo, uso meus ouvidos mais do que a minha boca."

Next article
Pérez se sentiu subestimado por expectativas sobre Ocon

Previous article

Pérez se sentiu subestimado por expectativas sobre Ocon

Next article

Renault: exigências da Red Bull irão “desacelerar” evolução da Honda

Renault: exigências da Red Bull irão “desacelerar” evolução da Honda
Load comments