Magnussen admite dificuldade com carro da Haas em 2017

compartilhar
comentários
Magnussen admite dificuldade com carro da Haas em 2017
Por: Lawrence Barretto
Traduzido por: Daniel Betting
21 de dez de 2017 13:59

Piloto espera que ele consiga o carro Haas Formula 1 mais a seu gosto em 2018, admitindo que tenha sido "difícil" durante sua primeira temporada com a equipe

Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-17, is attended to by pit crew
Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-17
Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-17
Kevin Magnussen, Haas F1 on the drivers parade
Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-17 makes a pitstop
Romain Grosjean, Haas F1 Team, wears a sombrero on the drivers' parade
Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-17
Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-17

Enquanto Kevin Magnussen deixou claro que estava mais feliz com o Haas do que com seus empregadores anteriores na F1 McLaren e Renault, ele admitiu que o carro de 2017 não se adequava ao seu estilo.

Para 2018 - pela primeira vez em sua carreira na F1 que ficou no mesmo time para uma segunda temporada - ele quer que ele e Romain Grosjean tenham o tratamento da Haas sintonizado mais com suas necessidades.

"Eu percebi o que preciso, mas tentar obter isso do carro foi difícil este ano", disse Magnussen ao Motorsport.com.

"Será interessante começar a temporada com uma equipe onde eu sei o que eu preciso, e trabalhar com isso desde o início”.

"Espero que possamos melhorá-lo e deixá-lo mais para o meu estilo, mas não há garantia disso, então estou trabalhando simultaneamente para tentar lidar com isso”.

"Você pode acabar com um carro complicado às vezes e precisa conseguir o melhor".

Magnussen admitiu que Grosjean "é um pouco melhor em lidar com a traseira solta", explicando que era a tendência do Haas de sobreviver na entrada de curvas, o que o incomodava.

"Na qualificação, espero que no próximo ano eu possa ajustar o carro um pouco mais em direção a uma maior estabilidade, um carro menos esquisito", disse Magnussen.

"É um carro um pouco complicado na entrada, e os ataques nas curvas foram difíceis, mas acho que Romain é muito, muito bom com um carro como esse; o excesso de velocidade na entrada realmente não o incomoda e ele lida com isso muito bem”.

"Eu acho que ele pode até mesmo preferir um carro assim, mas para mim, está bem claro do que preciso, e vou me concentrar nisso durante o inverno e tentar trabalhar com isso desde o início".

O próximo ano será a primeira vez em F1 Magnussen terá uma segunda temporada na mesma equipe, e ele tem certeza de que a continuidade o ajudará a conseguir o carro ao seu gosto.

"Este ano estive tentado descobrir muito e aprender, e então você sabe o que precisa, mas tentar encontrar a solução é algo que leva tempo", disse ele.

Próxima Fórmula 1 matéria
Assen entra na briga para receber GP da Holanda de F1

Previous article

Assen entra na briga para receber GP da Holanda de F1

Next article

Ferrari espera Vettel “menos emocional” em 2018

Ferrari espera Vettel “menos emocional” em 2018
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Kevin Magnussen
Equipes Haas F1 Team
Autor Lawrence Barretto
Tipo de matéria Últimas notícias