Magnussen compara Alonso a Neymar por suas reclamações

compartilhar
comentários
Magnussen compara Alonso a Neymar por suas reclamações
Valentin Khorounzhiy
Por: Valentin Khorounzhiy
19 de jul de 2018 13:39

Kevin Magnussen relacionou as reclamações de Fernando Alonso na F1 pelo rádio à fama de Neymar em fingir lesões na recém-disputada Copa do Mundo.

Kevin Magnussen, Haas F1 Team
Fernando Alonso, McLaren MCL33
Fernando Alonso, McLaren MCL33 and Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-18
Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-18, leads Fernando Alonso, McLaren MCL33, and Sergio Perez, Force India VJM11
Fernando Alonso, McLaren
Fernando Alonso, McLaren MCL33, leads Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-18
Kevin Magnussen, Haas F1 Team
Romain Grosjean, Haas F1 Team, walks the track

O piloto da Haas provocou a ira de Alonso em várias vezes nos tempos recentes, sendo que o espanhol se irritou com a pilotagem do rival em duas ocasiões distintas durante o GP da Grã-Bretanha.

Ele criticou Magnussen por “uma pilotagem muito perigosa” após o primeiro treino livre e acusou o dinamarquês de forçá-lo para fora da pista, dizendo ao time pelo rádio: “O que vejo em Magnussen eu nunca vi na minha vida.”

Questionado se sentia que Alonso possui um problema pessoal com ele, Magnussen insistiu que “não tem ideia” – e afirmou que não teve problema ao lidar com Alonso fora da pista.

Contudo, ele comparou Alonso ao jogador brasileiro Neymar, que foi amplamente acusado de cair e fingir lesões durante a Copa da Rússia.

“Ele reclama muito pelo rádio”, disse Magnussen sobre Alonso. “Mas vemos isso acontecendo também em outros esportes.”

“Até mesmo grandes atletas como Neymar. Eles exageram um pouco.”

Alonso pediu para que os comissários interviessem e penalizassem Magnussen durante a corrida de Silverstone, mas o piloto da Haas não recebeu sanções durante todo o fim de semana.

O chefe da Haas, Gunther Steiner, disse: “Eu acho que os comissários ou o diretor de prova não mostraram reação, então não preciso comentar sobre isso.”

“Com certeza, Fernando está fazendo seu trabalho. Ele é um dos melhores pilotos e é muito bom em todos os aspectos.”

“Ele faz isso há muito tempo. Ele sabe qual botão apertar, então ele tentou. Com certeza, ele está tentando extrair o máximo de si mesmo, e isso não deu certo há duas semanas.”

A corrida de Magnussen em Silverstone foi atrapalhada por uma colisão na primeira volta com seu companheiro de equipe, Romain Grosjean, que travou rodas e atingiu seu carro.

Perguntado sobre como viu o acidente, Magnussen disse: “Não vou sentar aqui e jogar o jogo da culpa. Não acho que haja motivos para isso.”

“Acho que devemos seguir em frente, e a situação é muito clara. Temos um bom carro. Não queremos desperdiçar pontos, então espero que não iremos repetir o que aconteceu.”

“Somos muito abertos na equipe e próximos uns dos outros, então podemos seguir em frente mais rapidamente. Claro, ninguém está feliz pelo que aconteceu, mas as coisas são assim mesmo.”

“Ainda consegui marcar alguns pontos, mas deveria ter marcado muito mais. Mas precisamos marcar pontos com mais regularidade com ambos os carros.”

Reportagem adicional de James Roberts e Adam Cooper

Próxima Fórmula 1 matéria
Renault revela novo conceito de asa dianteira

Previous article

Renault revela novo conceito de asa dianteira

Next article

Stroll pode se transferir para Force India em 2019

Stroll pode se transferir para Force India em 2019
Load comments