"Magnussen foi escolhido para pressionar Button", revela Paffett

Segundo piloto de testes da McLaren, dinamarquês é rápido em classificações, como Hamilton, o que desafiará inglês

Com a decisão de trocar o mexicano Sergio Pérez pelo estreante Kevin Magnussen, a McLaren surpreendeu o paddock da F1, mas o piloto de testes da equipe Gary Paffett deu a dica do motivo da escolha: pressionar Jenson Button, principalmente nas classificações.

“O que queremos ver na McLaren é Jenson sendo mais pressionado neste ano”, disse Paffett à Autosport.  “Jenson precisa de alguém mais rápido do que ele para desafiá-lo. Isso é o que vimos com Lewis Hamilton no time. Lewis é um dos melhores pilotos em classificação e voltas rápidas e sempre forçava o Jenson ao limite. Jenson precisou trabalhar muito duro na época”, acrescentou.

Para Paffett. Pérez e Button são pilotos de estilo parecidos e, por isso, um não forçava o desempenho do outro. “No ano passado, com os pilotos mais alinhados, não parecia que um empurrava o outro, e eu realmente acho que Kevin pode trazer isso de volta. Pelo que temos visto dele até agora em testes, ele é extremamente rápido”, completou o piloto de testes.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Jenson Button , Kevin Magnussen
Tipo de artigo Últimas notícias