Magnussen: Haas está seguindo a trajetória da Force India

compartilhar
comentários
Magnussen: Haas está seguindo a trajetória da Force India
Por: Lawrence Barretto
Traduzido por: Daniel Betting
17 de jan de 2018 12:01

Kevin Magnussen acredita que as duas primeiras temporadas da Haas mostram que equipe tem o potencial de imitar a força da Force India na Fórmula 1

Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-17 battles, Sergio Perez, Sahara Force India VJM10
Esteban Ocon, Sahara Force India F1 VJM10. leads Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-17 as Pascal Wehrlein, Sauber C36-Ferrari attacks
Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-17
Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-17
Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-17

A Haas terminou seus dois anos na F1 em oitavo no campeonato de construtores, enquanto que na temporada passada a Force India marcou mais pontos e repetiu sua quarta posição de 2016, apesar de ter o menor orçamento.

Kevin Magnussen disse que a forma da Haas até agora, se compara com a 10ª temporada da Force India desde seu primeiro ano na F1 em 2008, mostrando o potencial da equipe.

"Estou muito confiante de que podemos avançar e [mostrar que] pequenas equipes podem fazer bem, a Force India está mostrando isso", disse Magnussen ao Motorsport.com.

"Se você olha para o primeiro par de temporadas da Force India na Fórmula 1, como uma nova equipe, nós corremos e fizemos melhor, então está parecendo bom e acho que o time está indo na direção certa".

Enquanto a Haas iniciou a partir do zero para a temporada de 2016 pelo co-proprietário da equipe da NASCAR, Gene Haas, Force India foi criada através da compra que Vijay Mallya fez da equipe Jordan/Midland/Spyker.

Mas, embora a Haas seja uma equipe completamente nova, ela se beneficiou de uma parceria de compartilhamento de tecnologia com a Ferrari.

A Force India também conseguiu uma pole position e um segundo lugar no GP da Bélgica em sua segunda temporada na F1, enquanto a Haas terminou no top 6 em seus dois primeiros GPs, mas só fez isso uma vez desde então.

Magnussen deixou a Renault para se juntar à Haas este ano e viu seu antigo time melhorar de nono para sexto no campeonato de construtores.

Mas Magnussen acredita que competir com a Renault em 2018 é um alvo realista para a Haas.

"A Renault está indo bem, mas eu me sinto muito bem aqui e sinto que podemos melhorar e lutar com a Renault no próximo ano, se fizermos tudo certo", disse.

Próxima Fórmula 1 matéria
Renault se diz feliz com Sirotkin e Kubica na Williams

Previous article

Renault se diz feliz com Sirotkin e Kubica na Williams

Next article

Rosberg: traria de volta GPs na África do Sul e Las Vegas

Rosberg: traria de volta GPs na África do Sul e Las Vegas
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Kevin Magnussen
Equipes Haas F1 Team
Autor Lawrence Barretto
Tipo de matéria Últimas notícias