Magnussen se aproxima de vaga de Maldonado na Renault

Kevin Magnussen está cada vez mais próximo de vaga na Renault, já que situação de Pastor Maldonado se complica com falta de garantias da PDVSA ao time francês

Kevin Magnussen, que até outro dia via como remotas as chances de retornar ao grid da Fórmula 1 em 2016, vê o jogo virar significativamente e se vê como o provável substituto de Pastor Maldonado na Renault. 

O problema de Maldonado está no lado financeiro: a PDVSA, que banca a presença do venezuelano na categoria, tem atrasado os pagamentos ao time francês. Na próxima quarta-feira, a Renault deve anunciar oficialmente a dupla para 2016.

Com isso, a não ser que outra reviravolta aconteça - e a Renault já deu o ultimato à estatal venezuelana - o dinamarquês deve voltar a ser piloto titular como em 2014, ano de sua estreia na McLaren. Em 2015, com a contratação de Fernando Alonso, Magnusen foi deslocado para piloto reserva da equipe de Woking.

Procurados na última terça-feira, os gestores da carreira de Maldonado se recusaram a comentar a situação. Maldonado e Jolyon Palmer tinham acertado com a Lotus para 2016, mas com a aquisição do time por parte dos franceses iniciou-se uma série de especulações sobre a dupla da equipe para esta temporada.

Carlos Ghosn, presidente do grupo Renault-Nissan, procurou colocar panos quentes nos rumores ao dizer, assim que a compra da Lotus foi concretizada, que a dupla de pilotos só seria anunciada no evento oficial do retorno da Renault para a F1.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Pastor Maldonado , Kevin Magnussen
Equipes Renault F1 Team
Tipo de artigo Últimas notícias