Magnussen se irrita com fechada, Verstappen dá de ombros

Após incidente nas últimas voltas, dinamarquês se chateia com inconsistência de comissários da FIA

Piloto da Haas, Kevin Magnussen perdeu o décimo lugar do GP da Itália nas últimas voltas da corrida deste domingo (3). Ele foi ultrapassado por Max Verstappen, e se queixou bastante de uma fechada dada pelo holandês na segunda chicane da pista de Monza.

Para Magnussen, Verstappen deveria ter sido punido.

"Eu estava irritado, mas só porque não houve punição", disse ele.

"Aquilo foi empurrar alguém para fora da pista. Estamos correndo, coisas assim acontecem, mas pelo menos a penalidade deve ser a mesma para todos, esse é o meu ponto.”

"Isso foi na freada, ele não me deixou espaço suficiente. Então, fui na grama e perdi a curva. Eu tinha uma área de escape lá, mas se não tivesse eu estaria na brita ou no muro.”

"Eu não tive uma grande chance de o passar de volta naquela curva, então não havia nenhuma razão para ele não me dar o espaço. Talvez ele simplesmente não julgou corretamente, mas meu ponto é que as penalidades devem ser iguais para todos.”

"P11 é provavelmente o melhor resultado que poderíamos conseguir, mas ainda é irritante quando você anda nos pontos toda a corrida e perde no final. Mas não fomos rápidos o suficiente."

Quando perguntado sobre isso depois da corrida, Verstappen mostrou opinião divergente: "Para ser sincero, eu realmente não sinto que foi um incidente, mas também não me importo".

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Itália
Pista Monza
Pilotos Kevin Magnussen , Max Verstappen
Equipes Haas F1 Team
Tipo de artigo Últimas notícias