Magnussen tirou Grosjean de zona de conforto, diz chefe

compartilhar
comentários
Magnussen tirou Grosjean de zona de conforto, diz chefe
Por: Matt Beer
Co-autor: Lawrence Barretto
9 de ago de 2017 21:47

Mesmo assim, francês afirma que relacionamento com companheiro de equipe é bom

Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-17
Romain Grosjean, Haas VF-17
Romain Grosjean, Haas F1
Romain Grosjean, Haas VF-17
Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-17
Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-17
Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-17
Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-17
Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-17
Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-17 in the pits

Romain Grosjean massacrou Esteban Gutierrez na primeira temporada da Haas na F1, no ano passado, com o mexicano passando em branco em número de pontos. A competição interna ficou mais parelha entre o francês e o ex-piloto da Renault, Kevin Magnussen, no atual campeonato.

Perguntado sobre como Grosjean reagiu à chegada de Magnussen, Gunther Steiner, chefe da Haas, disse ao Motorsport.com: "Ele reagiu bem. Acho que ele tomou isso como um desafio."

"Talvez no início ele estivesse fora de sua zona de conforto, mas acho que se consegue um melhor desempenho quando se está um pouco fora dessa zona, porque do contrário, você fica estagnado."

"Você fica complacente. É muito fácil ficar assim se você não for desafiado. Especialmente em qualquer negócio ou esporte, onde o nível de competição é alto."

Magnussen subestimado

Grosjean acredita que Magnussen é subestimado e elogiou seu relacionamento com o companheiro de equipe.

"Tenho um relacionamento muito bom com ele, quase me surpreendeu", disse Grosjean ao Motorsport.com. "Os companheiros de equipe estão sempre em guerra, mas nós crescemos e nos respeitamos muito."

"Acho que ele é subestimado. Ele pode fazer muito quando o carro não está se adequando a ele."

"Direi que aprendi mais com Kimi (na Lotus) em como configurar um carro e a maneira de encarar um fim de semana, mas acho que Kevin, em outro aspecto, é o melhor."

"Nas outras categorias, todo companheiro de equipe quer te matar. Eu só queria ser o melhor."

"Se ele é mais rápido, ótimo, eu preciso melhorar, e se eu for mais rápido, ótimo, tive um bom dia."

Ele concordou quando Steiner sugeriu que a pressão de Magnussen era saudável.

"Eu acho muito importante que um time consiga dois pilotos muito rápidos", disse Grosjean. "Sempre que você tem um mais rápido do que o outro, o rápido fica mais lento e tem uma vida fácil."

"Considerando que quando você tem dois pilotos correndo duramente, como o visto na Mercedes, é ótimo."

Próxima Fórmula 1 matéria
FIA diz que Halo teria ajudado Massa em acidente de 2009

Previous article

FIA diz que Halo teria ajudado Massa em acidente de 2009

Next article

Diretor da Williams: Stroll “pegou o jeito” da F1

Diretor da Williams: Stroll “pegou o jeito” da F1

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Romain Grosjean , Kevin Magnussen
Equipes Haas F1 Team
Autor Matt Beer
Tipo de matéria Últimas notícias