Mais lento, Bottas não se preocupa com desvantagem para Massa

Finlandês reconheceu dificuldades com o vento, mas acredita que vai evoluir ao longo do final de semana

Valtteri Bottas ficou devendo em relação ao companheiro Felipe Massa nos treinos livres para o GP dos Estados Unidos, mas não se mostrou preocupado com a diferença de quase quatro décimos. O piloto da Williams reconheceu o dia difícil, mas se vê no caminho certo para evoluir ao longo do final de semana.

“Foi complicado devido ao vento, não foi fácil encontrar o melhor equilíbrio para o carro, mas tenho certeza de que, com mais algumas voltas, vou conseguir tirar mais na classificação”, afirmou o piloto, que não participou da primeira sessão de treinos livres, deixando seu lugar para Felipe Nasr. 

[publicidade] “As coisas correram como planejado, fomos adquirindo informações sobre como o carro funcionava nas diferentes temperaturas e com os compostos distintos. A sexta-feira não é uma questão de fazer o melhor tempo, mas sim de melhorar o carro. Se olharmos para a diferença em relação a nossos rivais, não foge da nossa posição normal, então acho que podemos melhorar muito no sábado.”

Mesmo prevendo que a Williams cresça ao longo do final de semana, Bottas não acredita que será suficiente para alcançar as Mercedes.

”Eles estão em outra liga. Nós temos de focar em brigar com a Ferrari e a Red Bull neste final de semana. Acho que temos boas chances, pois normalmente melhoramos muito após os treinos livres.”
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias