Mais tranquilo, alvo de Senna agora é melhorar classificação

Brasileiro revela ao TotalRace que sexto lugar na Malásia "deu uma acalmada" após ter ficado "com o pé atrás" na Austrália

Senna conquistou seu melhor resultado da carreira na Malásia

Nenhuma dessas duas primeiras corridas da temporada foi exatamente fácil para Bruno Senna. O brasileiro se envolveu em toques nas primeiras voltas e foi parar no fundo do pelotão tanto na Austrália, quanto na Malásia. Mas, em Sepang, o caos causado pela chuva e uma excelente performance com os pneus intermediários permitiram a reação, os primeiros pontos, e a volta da confiança.

Perguntado pelo TotalRace se a classificação é o ponto em que mais precisa trabalhar para as próximas corridas, Senna assentiu.

“Precisa trabalhar e esses acidentes na primeira volta precisam acabar também. Vamos ver se a gente consegue melhorar em todos os sentidos. Sei que ainda temos muito o que melhorar.”

Pelo menos a cabeça já é outra depois de ter conseguido virar o jogo durante a prova de Sepang. O piloto era o 23º e último quando a corrida foi interrompida pela bandeira vermelha, com oito voltas completadas, e cruzou a linha de chegada em sexto.

“Acho que deu uma acalmada, porque com certeza eu estava um pouco com o pé atrás depois da Austrália devido à má sorte. Mas hoje as coisas correram bem e todos na equipe estão bem contentes e eu estou feliz por eles também.”

Outro motivo para Senna confiar em um bom ano é o carro da Williams, que se mostrou competitivo em ambos os circuitos, que possuem características bastante diferentes entre si.

“A equipe foi para a frente, com certeza, e temos de continuar aproveitando a boa fase. Vamos ver se conseguimos melhorar um pouco mais o carro. Na Malásia, as condições estavam super difíceis, eu tive um carro um pouco danificado, mas ele estava bom e acho que ainda temos o que melhorar.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Malásia
Pilotos Bruno Senna
Tipo de artigo Últimas notícias