Maldonado confia que possa sair do zero em Monte Carlo

Sexto em 2011 até ser tirado da prova por Hamilton, Pastor espera usar bom retrospecto na GP2 para ir bem

Maldonado também abandonou em 2012 após bater em De la Rosa na largada

Sem pontos em 2013 ainda e andando atrás do companheiro Bottas em classificações, Pastor Maldonado espera terminar a má fase bom um bom resultado em Mônaco neste fim de semana. Tradicionalmente, Maldonado e Williams vão bem em Monte Carlo.

“Sempre fui muito competitivo em Mônaco, sempre indo bem na GP2, então a expectativa para essa corrida sempre foi muito grande, porque me sinto confortável dirigindo neste circuito”, falou o venezuelano.

“Mônaco é um desafio muito difícil, tanto mentalmente quanto fisicamente, pois você tenta encontrar os limites do carro sem margem para erro se você vai rápido demais.”

O piloto espera que seu carro esteja competitivo desde os primeiros momentos do fim de semana, já que ultrapassar em Mônaco não é fácil.

“A classificação será muito importante e é provavelmente 70 por cento do fim de semana, porque ultrapassar é muito difícil e arriscado. A estratégia de pneus e a conservação serão importantes, porque vamos usar os compostos mais macios de pneus e eles estão muito sensíveis neste ano."

“Estamos trabalhando muito na fábrica para ver onde podemos fazer melhorias. Tomara que consigamos fazer mais melhoras no acerto do FW35 para ter um melhor resultado.”

Além da Williams, só Caterham e Marussia ainda não têm pontos em 2013.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Monaco
Pilotos Pastor Maldonado
Tipo de artigo Últimas notícias