Maldonado diz que esperava chance na F1 com saída de Rosberg

Pastor Maldonado chegou a alimentar esperança de voltar à categoria em um cockpit competitivo com a aposentadoria repentina de Nico Rosberg

Pastor Maldonado, que ficou sem vaga na Fórmula 1 no fim de 2015, confessa que chegou a ter esperanças de obter um cockpit para a temporada 2017 após a aposentadoria precoce de Nico Rosberg, campeão em 2016.

Em meio a conversas sobre uma transferência para a Indy, o venezuelano chegou a conversar com a Sauber no final do ano passado, mas não chegou a um acordo com o time suíço.

Questionado pelo Motorsport.com sobre rumores ligando ele à F1, Maldonado revelou que esperava ter uma chance em um cockpit competitivo - única possibilidade que o interessava de fato e algo que a Sauber está longe de oferecer no momento.

"Eu avaliei as opções e ainda considero todas as possibilidades de fazer algo profissionalmente - sem dúvida, a F1 é uma das categorias que me interessa", disse. 

"Tive chance de voltar, mas queria algo nas condições ideais, não como as que eu tive no passado. A aposentadoria de Rosberg poderia ter criado um efeito dominó que poderia ter culminado em uma boa chance para mim, mas as coisas não foram para este caminho", afirmou.

"Houve a chance de ir para a Sauber - uma boa equipe, com muita experiência, mas que passa por uma fase complicada. No fim, concluímos que as condições não eram as ideais para os dois lados. São tempos difíceis para muitas equipes na F1, não somente para a Sauber - as escolhas são ditadas por razões econômicas."

Sobre os rumores de que estaria ligado a uma vaga na KV na Indy, Maldonado disse não saber de nada, mas ressaltou que só iria para a categoria se tivesse chance de ser competitivo, assim como na F1.

"Ouvi rumores, mas isso jamais chegou a mim de fato. Ano passado, fui convidado e compareci a uma etapa da categoria - então alguém deve ter ligado essa visita a uma possível vaga na categoria. Não tenho nada concreto, mas só aceitaria uma proposta que me proporcionasse condição de fazer uma boa temporada."

Por fim, o venezuelano admitiu que pode abandonar de vez o sonho da F1 e buscar novos ares. "Sim, tenho olhado para todas as oportunidades. Há o Mundial de Endurance, a Indy e também a Fórmula E", comentou.

"No momento, não tenho nenhum acordo com ninguém. Seguirei quieto até que eu encontre a oportunidade ideal. Quero voltar às pistas, mas quero fazer isso do jeito certo", completou.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Pastor Maldonado
Tipo de artigo Últimas notícias