Maldonado: "Sei onde estarei em 2014, mas não posso anunciar"

compartilhar
comentários
Maldonado:
21 de nov de 2013 18:56

Venezuelano volta a dizer que estará na F1 no ano que vem, confirma negociação com Lotus, mas elogia Force India

Contando com apoio substancial da PDVSA e uma vitória no currículo, Pastor Maldonado não parece preocupado em ficar fora da F1 em 2014. O venezuelano rescindiu seu contrato com a Williams e garantiu ao TotalRace que estará na F1 no ano que vem e que já sabe até onde, mas ainda não pode anunciar.

“Já tomei minha decisão, apenas não posso tornar pública agora. Já sei onde estarei, mas sabemos como é a F1. Não estamos em posição de anunciar antes de chegar a um acordo comercial. E queremos fazer isso o mais cedo possível para que todos nós possamos compartilhar uma boa notícia”, revelou.

Maldonado deu a entender que já firmou um acordo verbal com uma das equipes e que só precisaria assinar. “É importante resolver o mais cedo possível para começar a trabalhar em relação ao projeto do próximo ano, mas não estamos desesperados para assinar. São negociações que às vezes demoram tempo, às vezes não. O importante é tomar a melhor decisão para mim e para meu futuro. Creio e sempre tenho que crer que estarei na F1 em 2014. Tem negociações que duram meses e tudo aponta que dará certo. Embora ainda não haja um contrato firmado, estou próximo de firmar um acordo e espero que seja bom”.

Por acordo bom, Maldonado refere-se a um carro competitivo, mas não que esteja necessariamente bem este ano. O venezuelano citou apenas Lotus e Force India como possibilidades para 2014. “Falamos com Lotus, mas não é a única equipe que falamos. Hoje é o time que está na frente, mas amanhã não sabemos. Não posso decidir com base no que ocorre hoje, mas pelo que pode ocorrer no futuro. Creio que há equipes muito interessantes no grid. Um exemplo é a Force India, que este ano estava até mais competitiva que a McLaren no começo da temporada. Creio que esta equipe está fazendo as coisas bem, com organização e pode conseguir bons resultados”, comentou.
 

Próxima Fórmula 1 matéria
"Recordes existem para ser quebrados", afirma Vettel

Previous article

"Recordes existem para ser quebrados", afirma Vettel

Next article

Hulkenberg vê relação especial com Interlagos: "Sinto a vibração"

Hulkenberg vê relação especial com Interlagos: "Sinto a vibração"
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Pastor Maldonado
Tipo de matéria Últimas notícias