Maldonado sobre Hamilton: “Não sei por que ele fez aquilo”

Venezuelano reclama de atitude de inglês após batida, mas é punido com a perda de 20s e termina fora dos pontos

Pastor Maldonado

Não adiantou Pastor Maldonado esbravejar contra Lewis Hamilton ao final do GP da Europa. O venezuelano foi considerado culpado pelo incidente entre ambos e perdeu 20s na classificação final. Com Isso, caiu do décimo para o 12º lugar. Os comissários justificaram a pena pois o piloto "não retornou à pista de maneira segura" após ser espremido por Hamilton e parar na área de escape.

Maldonado não vinha tendo um domingo fácil após ser ultrapassado por Grosjean na largada e não ter um ritmo à altura dos primeiros colocados em Valência. Aproveitando-se do azar de Vettel e de Grosjean, que abandonaram, o piloto da Williams chegou à quarta posição. A duas voltas do final, tinha grande possibilidade de ir ao pódio pela segunda vez no ano, quando Hamilton sofria desgaste excessivo nos pneus traseiros.

Pastor tentou a manobra na curva 12, Hamilton não deu espaço e os dois se tocaram. Pior para o inglês que bateu, mas Maldonado também teve a asa dianteira avariada e se arrastou até a bandeirada.

“Lewis Hamilton tentou me colocar fora da pista. Ele não me deixou espaço para ficar ou fazer a curva seguinte lado a lado. Eu pulei na zebra e não pude evitá-lo. Não sei por que ele fez aquilo”, disse Pastor Maldonado logo após a corrida.

O piloto demonstrou descontentamento com o inglês da McLaren após ter perdido um pódio que parecia ser certo. “Ele estava completamente perdido. No momento, eu estava em um ritmo muito bom. É difícil dizer, mas ele foi muito agressivo na manobra em mim.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Europa
Pilotos Pastor Maldonado
Tipo de artigo Últimas notícias