Manager de Petrov: “Rússia não está pronta para a F-1”

compartilhar
comentários
Manager de Petrov: “Rússia não está pronta para a F-1”
Por: Julianne Cerasoli
18 de ago de 2011 10:22

Estruturas à parte, Oksana Kosachenko acredita que o país ainda não tem a cultura necessária para receber a categoria

Várias equipes de F-1 já fizeram demonstrações na Rússia nos últimos anos

A F-1 pode estar apostando alto na chegada ao grande mercado russo em 2014, mas a manager de Vitaly Petrov, único piloto do país na categoria, Oksana Kosachenko, não acredita que haja estrutura suficiente para tornar a categoria amada em solo russo.

“Não me refiro à construção do novo circuito de Sochi no Mar Negro. O trabalho está progredindo e a estrutura estará pronta. Refiro-me ao país em geral, no qual o esporte a motor não é popular. A Fórmula 1 não é seguida como deveria ser, não há lugares para aqueles que querem começar no esporte andarem de kart”, afirmou à mídia francesa.

A russa acredita que, se a realidade continuar como é hoje, o GP não terá visibilidade suficiente na mídia local.

“A Rússia é um país diferente, com uma cultura diferente. O problema não é a organização do GP, mas lidar com a mídia, a propaganda e a promoção do evento. Precisamos fazer um trabalho melhor nesse sentido.”

Kosachenko criticou ainda a falta de interesse do governo no sucesso do evento.

“Sem a ajuda do governo não dá para fazer nada. Apenas se estas questões forem resolvidas, e de maneira correta, o GP será um sucesso no sentido de promover o esporte a motor na Rússia.”

Próxima Fórmula 1 matéria
Cirurgia no cotovelo deve acelerar recuperação de Kubica

Previous article

Cirurgia no cotovelo deve acelerar recuperação de Kubica

Next article

Maria de Villota testa carro de 2009 da Renault na França

Maria de Villota testa carro de 2009 da Renault na França
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Vitaly Petrov
Autor Julianne Cerasoli
Tipo de matéria Últimas notícias