Mansell aposta que Hamilton baterá títulos de Schumacher

"Todo mundo sabe que sou um fã de Lewis e ele está fazendo um excelente trabalho", disse o campeão.

O campeão da Fórmula 1 de 1992, Nigel Mansell, bota fé que seu compatriota, Lewis Hamilton, atual bicampeão do mundo, possa um dia passar a marca de sete títulos mundias de Michael Schumacher. Atualmente, aos 30 anos de idade, Lewis tem apenas dois títulos. No entanto, aos 30, em 1999, Schumacher também tinha apenas dois.

"Todo mundo sabe que sou um fã de Lewis e ele está fazendo um excelente trabalho", disse Mansell à TV inglesa Sky Sports.

"A Mercedes é a melhor das melhores de longe. Com o apoio da Mercedes, talvez ele possa continuar desafiando o recorde de Michael. Há um longo caminho a percorrer, claro. Mas é possível, porque a Mercedes vai querer ser a melhor ainda por um longo tempo."

Para Mansell, é necessário que a Fórmula 1 repense suas regras. "Algumas das regras atuais precisam de ajustes. O DRS é uma ajuda de ultrapassagem falsa, porque não dá ao piloto o jogo de xadrez para planejar onde vai fazer a ultrapassagem", disse o ex-piloto da Williams. "Embora a Pirelli tenha feito o trabalho que lhes é pedido, os pneus deveriam voltar ao tamanho antigo, quando eram grandes e robustos, com muita aderência."

"Algumas coisas têm de ser repensadas para dar um pouco de magia. O KERS é uma situação muito boa, porque ele pode ser gerenciado pelos pilotos volta a volta, para qualquer ataque ou defesa. Mas gostaria que tirassem um pouco da ajuda eletrônica que existe atualmente para deixar os pilotos competirem como antigamente.”

"Os pilotos não têm a oportunidade de expressar o quão bons eles são porque há muitas ajudas e muitos engenheiros dizendo-lhes como equilibrar o carro. A grande coisa sobre anos passados é que os pilotos tinham de se acertar os sozinhos."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Nigel Mansell , Lewis Hamilton
Equipes Mercedes
Tipo de artigo Últimas notícias