Maria de Villota: "Essa corrida eu ganhei, porque estou viva"

compartilhar
comentários
Maria de Villota:
Por: Rian Assis
10 de out de 2012 09:31

Em entrevista à revista espanhola Hola, a piloto da Marussia contou como foram os momentos de recuperação de seu acidente em julho

Capa da revista espanhola Hola com Maria de Villota

A piloto espanhola Maria de Villota, filha do ex-piloto de Fórmula 1 Emilio de Villota, que no último 3 de julho sofreu um acidente quando realizava testes no aeroporto de Duxford, Inglaterra, com a Marussia, deu declarações à revista espanhola Hola que "esta corrida eu ganhei, porque estou viva".

De Villota, piloto de testes da Marussia, contou como anda sua recuperação - e que deverá submeter-se a mais cirurgias - e disse que "antes tinha uma corrida contra o relógio, uma luta contra o cronômetro", mas agora tomou consciência que "tem que parar e medir as coisas de outra forma", comentou a espanhola, que ficou cega do olho direito com o impacto de seu carro contra um caminhão da equipe.

A bela piloto disse também que ficou "aterrorizada" quando se viu no espelho pela primeira vez. "Tinha 104 pontos negros no rosto e que pareciam ter sido costurados com cordas náuticas, além de estar sem o olho direito", comentou.

Hoje, dia 10, Maria de Villota concederá sua primeira entrevista coletiva após seu acidente, e estará acompanhada pelo presidente do Conselho Superior de Esportes, Miguel Cardenal, e pelo presidente da Federação de Automobilismo Espanhola, Carlos Gracia.

Próxima Fórmula 1 matéria
Vettel: "Se Massa fosse campeão, diriam coisas diferentes"

Previous article

Vettel: "Se Massa fosse campeão, diriam coisas diferentes"

Next article

Homenageando Maria de Villota, Susie Wolff guia pela primeira vez um F1

Homenageando Maria de Villota, Susie Wolff guia pela primeira vez um F1
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Rian Assis
Tipo de matéria Últimas notícias