Mark Gillan comenta sobre o fraco desempenho da Williams em Sakhir

Engenheiro chefe da equipe quer usar os testes da próxima semana para evoluir determinadas áreas do FW34

Gillan junto com Senna no GP do Bahrein

Após abandonar na última volta na Austrália quando vinha para uma boa sexta posição com Maldonado e pontuar muito bem com Senna na Malásia e na China, o Grande Prêmio do Bahrein foi ruim para a Williams. A equipe viu ambos seus pilotos abandonarem a corrida e cair para sétimo no mundial de construtores.

Sobre a questão do comportamento do FW34 no Bahrein, engenheiro chefe de operações da equipe Mark Gillan discursou sobre a prova.

"Em relação as últimas três corridas, nosso ritmo não era tão forte como esperávamos", disse Gillan em entrevista ao site da Fórmula 1. "Apesar de fazermos uma sessão de classificação decepcionante, que foi prejudicada por alguns problemas de confiabilidade, ambos os pilotos tiveram um ritmo forte no início da corrida", disse o engenheiro.

Ainda investigando a falha mecânica que causou o abandono de Maldonado e os problemas de vibração do carro de Senna, Gillan comentou que os testes de Mugello nos próximos dias serão de extrema importância para a Williams.

"Será muito importante este teste para nós. Iremos testar evoluções em algumas áreas do carro para desenvolver ainda mais alguns itens", finalizou Mark.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Bahrein
Tipo de artigo Últimas notícias